Dicas essenciais para usar a tecnologia em sala de aula

Veja as principais dicas para lidar com a tecnologia em sala de aula e turbinar o engajamento dos estudantes incorporando mapas dinâmicos. *Por Ivan Leonardi 

A sala de aula já não é mais a mesma de 20 anos atrás. Não é a mesma de 10 anos atrás. E acredite, pode não ser a mesma de uma semana para a outra. Manter o aluno engajado, com todo o avanço tecnológico que estamos vivenciando, passou a ser um dos desafios diários da prática docência e do ensino no século XXI. 

Agora, como utilizar todas essas tecnologias para produção de conhecimento? Já imaginou usar Sistemas de Informação Geográfica (GIS) em suas aulas? Vem comigo neste artigo que darei dicas fundamentais sobre como lidar com todos esses “obstáculos”. 

Novas tecnologias em sala de aula: como lidar?

1) Minha primeira dica é: conheça e fique por dentro das tecnologias!

Na realidade, isso vai funcionar para qualquer coisa que você deseja aprender. Quer aprender a cultivar cogumelos? Quer tocar violão? Andar de skate? Tenho certeza de que a primeira coisa que você vai fazer é dar uma “googlegada” e buscar mais informações a respeito, assistir vídeos, ler artigos, etc. 

Para ficar por dentro dos métodos de ensino contemporâneos, faça o mesmo! Busque pelos termos: gamificação, sala de aula invertida, inteligência artificial, story telling, livros digitais, entre outros. Organize e consuma o máximo de informação que conseguir a respeito.

Prepare-se para estudar de forma contínua: O Lifelong learning já é uma realidade. Você está preparado? 

2) Surpreenda seu aluno

Você pode ser um professor com altíssimo nível de conhecimento e com uma excelente didática. No entanto, caso seu método de ensino seja repetitivo e previsível pelos alunos, a turma pode cair numa rotina e seu engajamento ir “ladeira abaixo”.  

As ferramentas tecnológicas podem ser adotadas para contornar esse problema e, além disso, tornar suas aulas mais divertidas e dinâmicas. Você já imaginou utilizar os jogos mais populares com os estudantes? Veja essas ideias sensacionais: 

Professor utiliza jogo Among Us nas aulas de Educação Física 

Como utilizar o jogo Pokémon Go nas aulas de Biologia 

Minecraft: a prova de que aprender pode ser divertido 

Abuse da sua criatividade e tenha a tecnologia em sala de aula como aliada! 

3) Mapeie as dificuldades dos estudantes

Ser professor é ficar a todo momento preocupado com os objetivos de aprendizagem do aluno. E como atingir esses objetivos sem conhecer seus estudantes? Para isso, use a tecnologia para identificar pontos fortes e fracos da turma!  

Elabore questionários online com perguntas que lhe fornecerão um “raio-x” dos seus alunos. Hoje, existem vários sites (gratuitos) que permitem elaborar questionários digitais e geram relatórios analíticos personalizados, como o Google Forms, Survio, SurveyMonkey, MindMiners, Typeform, entre outros. 

4) Tecnologia para professores e alunos

Você acha que somente os alunos podem se beneficiar da tecnologia? Está enganado! Como sabemos, a rotina de trabalho de um professor é extremamente corrida. E como ter tempo para pensar em novos planos de aula? A resposta é simples: leve a tecnologia para seu fluxo de trabalho.   

Por exemplo, você sabia que o Google Forms faz correção automática de atividades e provas? E que existem softwares para lhe ajudar a organizar e preparar planos de aula? Tem muitas outras ferramentas que podem ajudar a automatizar processos repetitivos. Deixe o computador trabalhar por você!

Sugestão de leitura: Afinal, qual o propósito de educar e de aprender?

Engajando alunos com mapas dinâmicos

Esse artigo despertou aquela vontade de começar a utilizar uma tecnologia em sala de aula? Que tal começar a trabalhar com mapas dinâmicos e incríveis com seus estudantes? 

Os mapas, apenar de muitas pessoas acharem que são exclusivos da disciplina de Geografia, podem (e devem!) ser utilizados para diversas outras áreas do conhecimento. Através dos mapas podemos explicar conceitos de uma forma mais visual e divertida, incorporando a variável espacial. 

Você também pode se interessar por esse artigo: A contribuição do GIS na Educação, muito além dos Mapas

Apenas para você entender, os mapas são produtos gerados a partir de uma ciência denominada “Sistemas de Informação Geográfica” (GIS, na sigla em inglês). Pode ser novidade para você, mas o GIS está na maioria dos aplicativos instalados em seu smartphone. Alguns exemplos: Uber, iFood, Waze, Google Maps, WhatsApp, Facebook, entre outros. 

Agora, uma ferramenta gratuita que usa GIS e que você pode usar em suas aulas é o Google Earth. Com ele, você viaja para qualquer lugar da Terra e pode ver imagens de satélite, mapas, terrenos e construções em 3D.  

E não é só isso: temos também uma função denominada “Viajante”. Essa funcionalidade é simplesmente fantástica! Você pode escolher o tema de seu interesse e navegar entre as histórias prontas da Google.  

Por exemplo, está dando aula sobre mudanças climáticas? Navegue nos incríveis timelapses com seus estudantes. Na figura abaixo temos o “Planeta em aquecimento” – que mostra diversas séries históricas sobre o impacto do aumento da temperatura no Planeta. 

Tecnologia em sala de aula usando Google Earth

No aplicativo existem temas para diversas áreas do conhecimento para você turbinar suas aulas. Explore e divirta-se! 

Gostou desse artigo? Comente logo abaixo! Podemos publicar novos conteúdos mostrando como incorporar essas e outras ferramentas GIS na educação. 

Conheça a plataforma do Instituto Hubse

Recentemente, lançamos a nova plataforma do Instituto Hubse

A nova plataforma conta com um ambiente moderno e intuitivo, com cursos nas categorias de Smart CityGeotecnologias e Educação. Trouxemos algumas mudanças para esse novo ambiente, como os pacotes de assinatura, cursos e conteúdos de parceiros, fórum de discussão entre alunos, exercícios e muitos materiais de apoio nas aulas.

Buscar por uma postagem

Instituto Hubse

Plataforma de Educação Instituto Hubse

Programa Cidades Saudáveis

Programa Cidades Saudáveis

[Playlist] HUBSmart Cities

VAMOS BATER UM PAPO? ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO!