Uso do GIS na Educação

A utilização do GIS na Educação contribui significativamente no aprendizado e crescimento do aluno, uma contribuição que vai além dos Mapas. *Por Maria Júlia Donda

O uso de Sistema de Informação Geográfica (GIS) para realizar procedimentos computacionais, criação e análise dos dados tendo como finalidade um produto, é bastante utilizado no ensino independentemente do nível de educação. Muito se fala sobre as contribuições técnicas e produtos gerados, mas nem sempre se lembra que além dessas contribuições o GIS também atua de forma significativa ao crescimento pessoal do aluno.

E no que contribui ao pessoal do aluno a implementação dessa ferramenta nas aulas?

Enquanto aluno, quando ouvimos falar em GIS dentro da sala de aula já pensamos e recebemos a informação de que é por esse meio que acontece a elaboração dos mapas. Com o tempo, vamos descobrindo que vai muito além de mapas e layouts, e isso é o que o torna tão útil, propondo aos seus usuários novos caminhos a se escolher para seguir dentro do meio profissional.

GIS na Educação: uma contribuição múltipla!

O GIS, de forma prática e criativa, serve para diferentes usos em diferentes cursos e disciplinas. Além das aplicações técnicas convencionais, o GIS pode auxiliar no processo de aprendizagem e contribuir para a forma imaginária do aluno. A ferramenta proporciona a oportunidade de desenvolver um senso de criatividade e análise crítica sobre as informações trabalhadas, ajudando-o a expandir sua visão de áreas que futuramente possa atuar. Ao mesmo tempo, trabalha o raciocínio para que o aluno enxergue problemas e acontecimentos ao seu entorno em que pode trazer uma solução baseada em dados, fazendo dessa visão analítica parte da rotina do aluno.

Hoje, as informações e dados veem sendo disponibilizados e atualizados diariamente com alta frequência e qualidade na internet. Com isso, os alunos precisam saber o que fazer com essas informações, onde aplicar e que soluções ela pode trazer, e tudo isso pode acontecer de forma intuitiva com o uso do GIS.

A utilização do GIS como uma ferramenta poderosíssima

Quando entendemos a sua grandeza em relação as contribuições e os diferentes usos no meio educacional percebemos que qualquer outro curso ou disciplina que deseje trabalhar com algum nível de análise e integração de dados ou análise geográfica podem ser contemplados com os benefícios da tecnologia dinâmica do GIS, e não apenas os cursos como a Geografia, Georreferenciamento e Topografia.

E na educação o aluno não é o único contemplado pela ferramenta. Para os professores, o GIS se tornou um recurso a mais nas aulas, ajudando a melhorar os conteúdos que são ministrados saindo do tradicional e indo para uma forma divertida em que o aluno possa compreender as análises e o meio geográfico que está inserido, incentivando o uso da tecnologia entre todos.

O papel da educação é transformar o dia a dia das pessoas. E o GIS pode ser um aliado nesse processo de formação de pessoas e seus entendimentos, análises e visão crítica sobre o meio onde está inserido.

Também pode te interessar: A cidade e o cidadão inteligente

Conheça a plataforma do Instituto Hubse

Recentemente, lançamos a nova plataforma do Instituto Hubse

A nova plataforma conta com um ambiente moderno e intuitivo, com cursos nas categorias de Smart CityGeotecnologias e Educação. Trouxemos algumas mudanças para esse novo ambiente, como os pacotes de assinatura, cursos e conteúdos de parceiros, fórum de discussão entre alunos, exercícios e muitos materiais de apoio nas aulas.

Buscar por uma postagem

Instituto Hubse

Plataforma de Educação Instituto Hubse

Programa Cidades Saudáveis

Programa Cidades Saudáveis

[Playlist] HUBSmart Cities

VAMOS BATER UM PAPO? ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO!