A Era do LXP está revolucionando a maneira de ensinar e de aprender

As plataformas LXP (Learning Experience Platform) estão revolucionando o mercado de Educação Corporativa, beneficiando profissionais das mais diversas áreas.*Por Thaís Perez

Cada vez mais as empresas têm procurado por soluções inovadoras, a fim de melhorar os processos, qualificar as pessoas e inovar as tecnologias. Quanto às pessoas, muitas organizações investem anualmente em educação e treinamentos corporativos. Segundo o Relatório Panorama do Treinamento no Brasil, realizado pela ABTD em 2020-2021, a média anual de investimento em T&D (Treinamento e Desenvolvimento) por empresas de porte de 101 a 500 colaboradores, foi de R$339.779.

E com a expansão dos treinamentos, cursos e capacitações online, as empresas desejam oferecer ao colaborador um aprendizado de excelência no meio virtual, procurando por boas plataformas. Neste artigo, vamos explicar a fundo o conceito da plataforma LXP, suas vantagens e a diferença para a plataforma LMS.

O que caracteriza uma plataforma como LXP?

Algumas dúvidas podem surgir sobre o conceito do Learning Experience Platform (LXP), ou em tradução literal para o português, Plataforma de Experiência de Aprendizagem. Para começar, podemos entender que esse modelo de plataforma é muito mais que uma ferramenta de ensino, e sim, um ambiente de aprendizado único e significativo.

O foco das plataformas LXP é na experiência do aprendedor, que o coloca no centro do processo. Para que isso aconteça, as plataformas que se baseiam neste conceito, utilizam da tecnologia para proporcionar a melhor jornada de ensino, com uso de Inteligência Artificial, por exemplo. Seguindo a lógica de recomendação da Netflix, a plataforma LXP personaliza os cursos e conteúdos, indicando ao aprendedor o que ele realmente precisa aprender, na ordem necessária e nos formatos ideias.

Se imagine nesta plataforma onde o protagonista do seu aprender é você. Visualize que ao entrar, o software e toda tecnologia embutida recomenda o curso mais ideal para seu perfil, indicando o melhor recurso de aprendizagem (podcast, vídeos, artigos, realidade virtual, exercícios práticos…).

Agora pense: com essa experiência, você se sentiria mais motivado a estudar? Eu acredito que sim!

Aprendizado para toda vida! Como engajar o aprendedor em sua jornada?

Um dos princípios fundamentais das plataformas LXP é estimular o conceito do Lifelong Learning, ou seja, o aprendizado para toda a vida. Com os avanços e mudanças globais, muitos profissionais devem aderir a mentalidade de “nunca parar de estudar”, e esse mindset pode ser promovido por esse tipo de plataforma.

📚 Quer saber mais sobre o Lifelong Learning? Sugerimos a leitura deste artigo: 5 benefícios do Lifelong Learning para sua carreira profissional

Nesse sentido, muitas plataformas LMS (que veremos adiante) lidam com o processo de aprendizado de forma estática e sem personalização, o que não significa que seja um modelo ruim, mas muitas vezes podem desmotivar o aprendedor em sua jornada infinita.

O que queremos dizer com isso: a interação é primordial no processo de aprendizagem. Com isso, a plataforma LXP se destaca por ser muito interativa, engajando todos os membros. E quanto mais interação com os formatos de conteúdos, maiores as chances dos algoritmos acertarem recomendações que sejam mais atrativas ao usuário.

O LXP está revolucionando a maneira de ensinar e de aprender

Como vimos, a plataforma LXP envolve uma série de requisitos que a diferencia. Personalização, engajamento, experiência e interação são um dos pontos essenciais desse sistema. O processo de aprendizagem certamente se torna mais dinâmico e ativo, uma vez que a LXP abre possibilidade para um aprendizado fluído e significativo. Ou seja, não há a obrigatoriedade de realizar uma “série” de módulos e aulas que muitas vezes o aprendedor já sabe.

Com isso, as empresas que oferecem conteúdos e cursos de treinamento e capacitação para seus colaboradores se deparam com a necessidade de inovar e se adaptar ao novo modelo de aprendizagem. Além disso, os aprendedores encontram uma nova maneira de estudar e adquirir novas habilidades e competências essenciais para o mercado de trabalho. E no meio deste processo, a maneira de ensinar e de aprender se revolucionam.

LMS vs LXP: quais vantagens e diferenças?

Ambas as plataformas podem ser consideradas como Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA). Entretanto, a LMS (Learning Management System, ou Sistema de Gerenciamento de Aprendizagem, em português literal), transmite os conteúdos de forma vertical e passiva. Com a LMS é possível criar, personalizar, organizar e administrar os cursos e treinamentos oferecidos digitalmente, assim como uma LXP. Porém, na LMS apenas os gestores definem quais conteúdos serão compartilhados com os usuários, que são transmitidos por meio de vídeo-aulas expositivas.

A seguir, listamos as vantagens e diferenças de cada modelo de plataforma:

Cursos e conteúdos

No sistema LMS, existe uma hierarquia entre quem produz/publica material e quem consome as informações disponíveis na ferramenta. Já no LXP os aprendedores fazem parte desse processo, compartilhando conteúdos através de comunidades e grupos, o que torna a experiência mais personalizada, ativa e motivadora.

Inovação

As plataformas LXP usam conceitos de recomendação e personalização, semelhante a lógica da Netflix e do Spotify, se alinhando aos últimos lançamentos reconhecidos por valorizar a experiência de usuário.

Engajamento

A chegada do LMS possibilitou grandes avanços no ensino online, entretanto, seu foco não é no engajamento dos usuários. Nesse sentido, o LXP foca na experiência do aprendedor, considerando as opiniões dos usuários. Desta forma, essa ferramenta está sempre buscando tornar a aprendizagem algo mais amigável, acessível e engajador.

Sendo assim, os usuários terão mais vontade de acessar os conteúdos e aprender mais, pois o método de ensino será mais motivador e menos cansativo ou monótono. Consequentemente, os aprendedores/colaboradores terão melhores resultados nos estudos e na aplicação dos conhecimentos adquiridos.

Atualizações e melhorias

Devido às características que mencionamos acima, a atualização de conteúdo no LMS é mais complexa. O processo não ocorre diretamente na ferramenta, enquanto a plataforma LXP foi construída exatamente para acompanhar o ritmo de atualização da sociedade, em que as informações ficam obsoletas rapidamente e precisam ser repostas rapidamente.

Conclusão

O LXP é uma plataforma adaptativa, que foca em proporcionar a melhor experiência ao usuário, do início ao fim. Não existe o melhor ou pior sistema de aprendizado, mas existe aquele que mais se adequa ao perfil de cada pessoa. Entretanto, temos notado que a plataforma LXP pode promover mais engajamento, acompanhamento de resultados, monitoramento de progressos e motivação.

Conheça uma plataforma LXP desenvolvida para qualificar profissionais!

A plataforma de conhecimento adaptativo do Instituto Hubse proporciona todos os aspectos apresentados ao longo do texto e muitos outros. Com a proposta de melhorar a posição profissional e qualificar pessoas, a plataforma oferece muitos recursos e funcionalidades para engajar, ensinar e aprimorar os aprendedores.

Se interessou? Entre em contato conosco!

Sobre nós

O Instituto Hubse possui mais de 15 anos de experiência com ensino corporativo, aulas presenciais e remotas. Nosso propósito é desenvolver métodos de ensino modernos e adequados para os novos desafios de aprendizado através de uma plataforma LXP, colocando o aprendedor no centro.


 

Seja um parceiro estratégico da Hubse!