post thumb

Business Intelligence ou Geomarketing? Ou os dois?

O que o Business Intelligence e o Geomarketing têm em comum? Para que servem? Qual é a importância deles para os negócios e para a tomada de decisão? Por Déborah Pires.*  
Atualmente, os conceitos de Business Intelligence e Geomarketing vêm sendo trabalhados, falados e utilizados no cotidiano de muitas empresas. Mas você sabe a importância e as aplicações de cada um deles? Qual é mais relevante para o negócios? Consigo utilizar os dois para ter um melhor resultado e uma decisão mais assertiva? Vamos primeiro detalhar cada um deles e depois analisar o potencial de aplicá-los em conjunto. 

Business Intelligence

Business Intelligence, mais conhecido como BI, mas que pode ser traduzido como “Inteligência de Negócios”, contribui com muito mais do que o aspecto tecnológico do software. Muitos pensam que o BI basicamente é um sistema de manipulação de dados e informações, porém, na verdade, trata-se de um conjunto de técnicas e ferramentas de análise de dados para suporte à tomada de decisão. De acordo com o Garnet, “BI é um termo abrangente que inclui os aplicativos, a infraestrutura, as ferramentas e as melhores práticas que permitem o acesso e a análise de informações para melhorar e otimizar as decisões e o desempenho.” hubse

Geomarketing

São muitas as definições de Geomarketing. O Geomarketing teve sua aplicação no Brasil a partir da década de 90, mas os conceitos de administração e marketing já vinham tratando o conceito da localização nas estratégias de posicionamento e expansão de marcas há tempo. Quando Kotler traz para a ciência dos negócios e do marketing a importância dos 4 P’s, podemos perceber que um dos P’s, a “praça”, não pode ser entendida senão for considerado o fator da localização. Ao contrário do BI, o Geomarketing possui cunho mais acadêmico e traz metodologias para análise de dados e informações espaciais, e isso permite a construção de um conjunto de conhecimentos acerca do negócio que possibilita a tomada de decisão mais assertiva. 

Os dois?

De acordo com ambos os conceitos, as áreas responsáveis pela expansão e performance nas empresas precisam estar atentas e acompanhar as evoluções tecnológicas das ferramentas e recursos utilizados no trabalho de coleta e análise de dados disponíveis no mercado. Dessa forma, também é essencial manter-se atualizado sobre o avanço nas técnicas e métodos, tanto de Business Intelligence quanto Geomarketing, pois há grandes empresas e consultores no mercado focadas na evolução e aplicações dessas tendências nas análises diárias, para uma decisão mais assertiva. Pode-se dizer que a junção das duas áreas, potencializa a decisão mais segura, o tratamento dos dados da forma correta e a análise mais intuitiva através de painéis de gestão. Algumas das decisões mais importantes de uma empresa referem-se ao fator geográfico, à localização, a questões de região e território, a fatores espaciais diversos. Tais decisões estão relacionadas a perguntas como:
  • Para onde expandir o negócio?
  • Onde abrir a primeira ou uma nova loja?
  • Onde posicionar ou distribuir meu time de vendas?
Consequentemente, ser capaz de coletar, tratar e analisar as informações espaciais e, em seguida, visualizá-las dentro da perspectiva do negócio e junto a outros problemas e demandas de negócio, é fazer uso tanto de Geomarketing quanto de Business Intelligence.  O mais importante, contudo, além de conseguir aplicar tanto um quanto o outro na sua empresa, é conseguir utilizá-los de forma a realmente conhecer o seu negócio, para ser capaz de tomar as melhores decisões e alcançar os melhores resultados.  Se quiser conhecer mais sobre o uso de Business Intelligence e do Geomarketing nos negócios, visite o nosso site www.hubse.com.br e conheça nossas soluções.

VAMOS BATER UM PAPO? ENVIE SUA MENSAGEM AGORA MESMO!

clique aqui
topo